Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

maedocoracaosoueu

Qui | 05.10.17

A LEI DA PRIORIDADE

Eu sou contra a nova lei da prioridade, esta lei faz de nós, não prioritários uns tótós.

Com a lei da prioridade as grávidas , os idosos , pessoas com carrinhos de bébé e pessoas com pouca mobilidade  etc,são prioritários

Eu sou contra e vou explicar o porquê.

Estou numa fila por exemplo como já me aconteceu, do Burguer King com a minha filha, tudo bem estou à espera da minha vez, e entretanto não sou atendida pois aparece uma senhora com um bébé no carrinho até aí tudo bem,  a criança estava tranquila, mas pronto é a lei, temos que respeitar, contudo eu e várias pessoas ficamos revoltadas porque verificamos que a Senhora foi para a fila com o carrinho de bébé mas o marido estava senatdo numa mesa, porque não ficou o filho com o pai e a mãe foi para a fila como todos os outros? É chato eu sei, eu também não gosto de estar nas filas, mas temos que nos agarrar à bronca se queremos sair com os miudos e eles gostam dos lugares onde as filas são imensas. Agora não façam pouco de nós.

Outra situação, estou na fila da Bagga para almoçar antes de ir trabalhar, atrás de mim aparece uma grávida acompanhada do seu marido/companheiro, a funcionária olhou para a senhora e mandou-a passar à frente de toda a gente, o companheiro/marido também, então a lei da prioridade é para quem carrega o bébé e para quem o ajudou a conceber? Ora lá passaram pediram e foram os dois sentar-se , eu que tinha que ir trabalhar tive que esperar, e chegar atrasada ao trabalho, se viessem mais grávidas, de certeza que tinha perdido uma tarde de trabalho, que justificação poderia apresentar ao patrão?

No Lidl, vou para uma caixa para pagar, claro!! e os idosos começam a passar à minha frente, quando reparei essa caixa tinha um sinal a dizer que era prioritária para idosos e não só, mas um ponto que referi à menina da caixa foi, a partir de que idade os idosos são prioritários? Devia lá estar escrito, pois muitos dos que passaram à frente eram frescos que nem uma alface, as pessoas começaram a reclamar, eu não, agora o que faço é ir para outra caixa, aquela nunca mais!!!

Mas ele ainda há pessoas que mesmo grávidas vão para a fila tal como os outros, na Primark, por exemplo está uma grávida atrás de mim e digo-lhe:

-A Senhora tem duas caixas prioritárias mesmo à entrada, não devia estar aqui.

A Senhora agradeceu e continuou atrás de mim, pois não sabia, por acaso não reparei se está bem sinalizado, mas elas existem.

No Continente quando vou para uma caixa e chega a minha vez, começo logo a colocar as compras no tapete, pois lá aparecem as mães que enquanto andam às compras andam com os filhos pela mão, mas quando vão para a caixa pegam neles ao colo, faço de conta, lamento faço de conta, pois tal como disse não concordo com esta lei.

Deviam continuar a existir caixas para prioritários e se fossemos para elas,mesmo sabendo desse pormenor, paciência, abre os olhos!!!! 

Também me aconteceu na Ikea, sem dar conta ir para uma caixa prioritária, ora se havia grávidas às compras no Ikea , esse foi o dia, lá as deixei passar, e tinha que o fazer pois a caixa estava sinalizada,eu é que não prestei atenção, contudo uma grávida quando lhe disse para passar ela disse-me:

-Não, Não, tem tão poucas coisas por isso vá à minha frente, agradeci, pois foi muito gentil da parte da Senhora, realmente eu só tina 3 ou 4 coisas pequenas para pagar, ainda há pessoas com bom senso.

E as pessoas que estão grávidas e cuja barriga nem se nota? Têm que levar o teste de gravide? Senão como provam que estão grávidas?

Tentem ir à feira, e tentem ser prioritárias, duvido que o consigam, por acaso é uma das coisas que me fez sempre confusão, embora já não vá à feira faz muito tempo, é ver mães com os bébés nos carrinhos no meio de toda aquela confusão, além disso às vezes para procurar um produto na banca esquecem os filhos, sempre me fez confusão, confesso.

EM CERTOS CASOS A LEI DA PRIORIDADE FAZ DE NÓS UNS TÓTÓS