Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

maedocoracaosoueu

Qui | 30.11.17

ISTO SIM É UMA MULHER E UMA MÃE!!!!

Espanca a filha e forja certidão de nascimento Mulher dizia que a criança era "nojenta" e "asquerosa".

Mãe condenada por agredir e insultar filha Ricardo Cabral 1348 1A menina começou a ser maltratada pela mãe em 2008, quando tinha apenas sete anos. Até 2016, a menor foi constantemente espancada, algumas vezes até ficar a sangrar dos lábios, e insultada pela mãe - que lhe chegou a apertar o pescoço quatro vezes. A mulher dizia ainda que ter uma filha foi a pior coisa que lhe aconteceu na vida e que esta era "nojenta" e "asquerosa". Esta terça-feira, o Tribunal de S. João Novo, Porto, condenou-a a dois anos e três meses de prisão, suspensa, por violência doméstica. A arguida, uma empregada de armazém de 45 anos, respondia ainda por maus-tratos ao companheiro, um professor universitário, mas acabou absolvida, uma vez que ficou provado em audiência que a menor não é filha do homem, nem os dois adultos faziam vida de casal. "Aqui não pode haver crime de violência doméstica porque o seu companheiro não é o pai biológico da vítima. A certidão de nascimento é nula. Está viciada. Foi forjada", afirmou a presidente do coletivo. A magistrada mandou extrair uma certidão do processo, devido à falsa certidão de nascimento, e pediu que fosse remetida, após o trânsito em julgado, para o Ministério Público. "Isto vai ter um ‘volte face’ muito grande porque há um registo falso que é preciso alterar e que vai trazer consequências", referiu a juíza. A arguida, que não tem antecedentes criminais e está a ser seguida por especialistas, tem ainda de pagar uma indemnização de dois mil euros à filha.

DEPOIS DE LER ESTA NOTICIA CONSIDERO-ME E MELHOR MÃE DO MUNDO, SEM FALHAS,SEM DEFEITOS.

AH! MULHER DE UM RAIO QUE ALÉM DE MALTRATAR A FILHA BATIA NO MARIDO

A DECISÃO DO TRIBUNAL

NÃO FAÇO COMENTÁRIOS CADA UM QUE FAÇA O SEU JULGAMENTO

2 comentários

Comentar post