Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mãedocoraçãosoueu

mãedocoraçãosoueu

UMA HISTÓRIA DE AMOR!!!

"Aprendi que amar não

significa estar juntos

mas sim querer ver 

a outra pessoa feliz

mesmo que isso custa a nossa felicidade"

O que escrevi não é da minha autoria, vi no instagram e gostei, e achei que era muito adequada à história que vou contar, não é a minha história, mas podia ser.

A minha E conheceu o N na Holanda, quando acabou o curso e foi para lá em através do Erasmus.

Na altura o N namorava, mas contudo isso não evitou que se apaixonassem.

Ao regressar para Portugal a E pensou que ele largaria a namorada e fosse dela por completo, mas tal não aconteceu, a namorada do N tentou o suicidio, a família interveio, e sendo ele uma pessoa muito ligada à família lá foi aguentando.

A distância separa a E e o N mas não impede que a relação continue.

Já lá vão 17 anos , o N casou, tem dois filhos, mas a relação com a E está de pedra e cal, com ausências prolongadas pelo meio mas é assim que continuam a gostar tanto um do outro.

Embora a E me tenha pedido conselhos sobre esta relação e eu a tenha dado, continua tudo na mesma, mas quem sou eu para aconselhar ou sequer opinar.

No início achei que ele era cobarde, no início achei que ele a estava a usar, mas a E justificava-o sempre, e a esposa onde ficava nesta situação? Pelo vistos não se incomoda, tem o N com ela logo tudo o resto lhe passa ao lado.

Calei-me não mais opinei, e ao ler esta frase no instagram acho que ela se adequa a estas duas mulheres, que aceitam esta relação.

Embora já tenham tentado arranjar parceiros à E , ela comprara-os sempre com o N, tal como lhe disse:

-Ao comparares todos os homens com o N, ninca irás desligar-te dessa relação.

No meio de tantos reveses, ora ela acaba tudo, ora deixa de o atender, ora deixa de responder às mensagens, volta tudo ao ínicio, e neste momento a relação deles está ainda mais firme, tendo como vantagem o horário de trabalho dele, que permite mais encontros, o que diz à mulher? Não faço ideia.

Amadureceram, e estão cada vez mais tempo juntos.

No que isto vai dar?

Não sei

Sei que gostava que ela tivesse outro tipo de relação, mas se é esta que a faz feliz, quem sou eu????

Se a esposa do N continua a aceitar este triângulo pois que assim seja, no fundo o que eu quero é que a E não sofra, gosto quando ela diz que se vai encontrar com ele, os olhos brilham, ela irradia felicidade, que mais hei-de eu pedir para uma amiga?

As relações não são perfeitas, as pessoas muito menos, dentro destas perfeições e imperfeições vão fazendo o que Chalie Chaplin diz, continuar o teatro da vida deles, tentar ser felizes, se da melhor ou pior maneira, quem somos nós para julgar!!!

E dpois virão os aplausos.

 

 

POVO QUE LAVAS NO RIO!!!

Resultado de imagem para imagens dos tanques antigos onde se lavava roupa

Tenho tantas saudades da minha infância, tenho saudades quando ia com a minha vizinha lavar a roupa nestes tanques, pois poucas eram as pessoas que tinaham máquina de lavar roupa.

Uma coisa que eu não conseguia fazer e os outros miúdos faziam, era andar lá dentro, metia-me confusão, pois não consegui ver o fundo do tanque e não sabia o que poderia calcar, sou muito sensível com os pés, já na parai é a mesma coisa, gosto sempre de ver o que piso, dificilmente iria a um concurso onde tivesse que andar descalça sem ver o que calcava, o dinheiro não me fascina, faz falta mas não o ganharia com esta façanha.

Resultado de imagem para mulheres com bacias à cabeça

Ia assim tal e qual toda catita e com um orgulho imenso por poder equilibrar a bacia na cabeça, a minha vizinha colocava uma "rodilha" por baixo da bacia e lá ia eu toda contente lavar roupa que não era minha, pois a minha mãe não lavava a roupa neste tanques, não era a cena dela mas era a minha.

Ele há coisas que nos deixam saudades e hoje lembrei-me desta

Estes eram tempos tão bons, os nossos filhos não fazem ideia do quanto eramos felizes.

E SE ME SAÍSSE O EURO MILHÕES!!! QUARTA COISA QUE FARIA!!!!

Resultado de imagem para imagens de animais abandonados

Se me saísse o euro milhões, construía um lar para estes e outros animais,adoro animais, faz-me confusão, uma imensa confusão, como é que alguém consegue mal tratar estes seres que inofensivos, sim inofensivos, um cão só é mau se nós assim o quisermos, não concordo quando falam das raças perigosa, pois cabe-nos a nós fazer deles animais dóceis, é óbvio que se quisermos, podemos fazer do animal mais terno, uma fera.

Os canis acabavam, e os funcionários viriam trabalhar para mim não iam para o desemprego, só se eu soubesse que algum deles maltratava os animais, isso não perdoaria.

Estes bichinhos teriam veterinários para cuidar deles e teriam um sitio para andarem à vontade e não presos numa cela sem espaço nem para se coçarem.

Iriam comer decentemente para crescerem e serem felizes, se os daria para adopção? 

Não sei pois dificilmente me consigo desligar destas criaturas, aliás quando tinha a minha cadela a minha mãe nunca a deixou ter filhotes, pois já sabia que eu não os daria, era giro ver os filhotes da minha bichinha a correr cá por casa e levá-los à rua, mas a minha mãe estava certa pois eu nunca os daria.

Quando a minha gata teve filhotes eu não dei nenhum, quem o fez foi uma pequenita que estava em nossa casa, pediam.lhe e ela dava-os, que havia eu de fazer, não ia ralhar com uma criança de 5 anos, nem pensar!!! Quando eu chegava a casa já tinha menos um gato, mas consegui ficar com uma gatinha.

Eu podia dizer que compraria uma casa muito grande e eles iriam viver comigo, mas como já disse anteriormente gosto muita da minha casa.

Pelo andar da carruagem o dinheiro do euro milhões desaparecia num instante, mas bolas é muito dinheiro, pobre não iria ficar de certeza, rica iria ficar, morreria um dia com o sentimento de dever cumprido, e esperando sempre que a minha filha assegurasse tudo aquilo que construí, podem dizer, isto são so balelas, ma não, se eu gasto 2 euros e me saem milhões porque não partilhar com os outros e tentar fazer um bocadinho por eles? É só um bocadinho, pois ainda haveria muito a fazer.

 

ESTAMOS EM CONTAGEM DECRESCENTE

Já estamos em contagem decrescente para o final do ano.

Vamos deitar fora o calendário de 2017

Vamos deitar fora o nosso livro de 2017

Vamos começar a escrever no novo livro de 2018

Vamos escrever uma história nova

Vamos iniciar um novo ciclo

Vamos corrigir os erros do ano anterior, mas sempre cometendo erros pois não somos perfeitos.

Vamos entrar com o pé direito, pois com os dois a iminência de cair é grande

VAMOS ACIMA DE TUDO TENTAR SER FELIZES

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D