Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

maedocoracaosoueu

Ter | 23.01.18

O FUTURO SEM O PASSADO!!!

Remoer coisas do passado, deixarmo-nos prender por mágoas ou ressentimentos, atormentar-nos com os erros e viver o dia-a-dia obcecado com o que nunca mais volta não é a melhor maneira de existir.

Ficar preso ao passado é ser prisoneiro, viver amarrado, o que nos deixa sem liberdade ou margem de manobra.

Ficar preso ao passado é ficar de mãos e pés atados sem conseguir seguir em frente.

Acontece por vezes o passado ter mais peso que o presente, alturas na vida em que a única certeza que temos é aquilo que já vivemos.

De certa forma é saudável, acumular memórias para mais tarde recordar.

O que pode ser doentio e pode vir a ser um atraso de vida,é transformar o passado em presente, e em casos mais graves deixar o passado servir de molde para o futuro.

Muitas pessoas carregam um enorme fardo, onde misturam experiências, sentimentos e emoções vividas com o intuito de recuperar aquilo que jamais voltará.

Manter viva a memória de situações e de pessoas que amamos é essencial, torna a vida poética,é uma atitude construtiva, mas desejar que o tempo volte atrás, querer entrar na máquina do tempo, é um comportamento redutor e pouco saudável.

Muitas pessoas foram ricas grande parte da sua vida e num ápice pederam tudo,muitos viveram uma eternidade com pessoas que realmente amavam, e de repente perderam-nas, muitos estiveram em "alta"e de repente por força das circuntâncias passaram a estar em baixa", na vida perdemos e ganhamos, seja por morte,doença ou azar, e assim vamos acumulando um passado.

Só arrumando muito bem este passado, seremos capazes de viver o presente e olhar de frente para o futuro.

Arrumar o passado, não significa esquecer, apagar, muito menos achar que nunca existiu.

Pelo contrário, arrumar significa deitar mãos à obra, olhar para cada coisa, pegar com cuidado, atribuir-lhe um "valor" e depois uma gaveta, eu costumo dizer que a minha filha e eu também, temos gavetinhas onde na cabeça onde guardamos as coisas, mas sem nunca deitar fora a chave.

Nunca devemos limpar as gavetas, com lexivia e uma escova dura, uma gaveta arruma-se com muita delicadeza, pois contém muitas preciosidades, tendo sempre em atenção, não deitar nada fora, podemos separar o que não interessa ou não tem utilidade e deitar ao lixo.

É exatamente isto que devíamos fazer com o passado, separar o que não interessa, arrumar nas gavetas os pequenos e grab'ndes tesouros.

E só assim o passado pode dar futuro.

Eu vivo todos os dias a pensar na minha filha quando era pequena, das saudades que tenho desse tempo, mas não há como voltar atrás, por vezes gostava para corrigir alguns erros, mas não terão esses erros, feito dela o que é hoje?

Passei muitos dias a remoer sobre uma relação que havia terminado, arrependo-me do tempo em que não vivi, sobrevivi, mas foi o meu tempo de luto, e foi muito precioso, se perdi tempo?

Sim perdi, mas provavelmente se assim não fosse não tomaria as decisões que agora são a minha maior preciosidade.

Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: