Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

maedocoracaosoueu

Sex | 06.04.18

SÃO PESSOAS COMO TU!!!!

São as Pessoas como Tu

São as pessoas como tu que fazem com que o nada queira dizer-nos algo, as coisas vulgares se tornem coisas importantes e as preocupações maiores sejam de facto mais pequenas. São as pessoas como tu que dão outra dimensão aos dias, transformando a chuva em delirante orvalho e fazendo do inverno uma estação de rosas rubras. 
As pessoas como tu possuem não uma, mas todas as vidas. Pessoas que amam e se entregam porque amar é também partilhar as mãos e o corpo. Pessoas que nos escutam e nos beijam e sabem transformar o cansaço numa esperança aliciante, tocando-nos o rosto com dedos de água pura, soltando-nos os cabelos com a leveza do pássaro ou a firmeza da flecha. São as pessoas como tu que nos respiram e nos fazem inspirar com elas o azul que há no dorso das manhãs, e nos estendem os braços e nos apertam até sentirmos o coração transformar o peito numa música infinita. São as pessoas como tu que não nos pedem nada mas têm sempre tudo para dar, e que fazem de nós nem ícaros nem prisioneiros, mas homens e mulheres com a estatura da vida, capazes da beleza e da justiça, do sofrimento e do amor. São as pessoas como tu que, interrogando-nos, se interrogam, e encontram a resposta para todas as perguntas nos nossos olhos e no nosso coração. As pessoas que por toda a parte deixam uma flor para que ela possa levar beleza e ternura a outras mãos. Essas pessoas que estão sempre ao nosso lado para nos ensinar em todos os momentos, ou em qualquer momento, a não sentir o medo, a reparar num gesto, a escutar um violino. São as pessoas como tu que ajudam a transformar o mundo. 
Sex | 06.04.18

A MINHA PELE!!!!

Estando eu toda aperaltada com um vestido lindo que comprei  para a ocasião, a chegada da minha filha, com uns sapatinhos todos catitas e o o cabelo arranjado, a minha Mãe pergunta se estou a chorar de emoção. Ao que lhe respondi que não, que disparate! 

Porque haveria de chorar quando o dia era para celebrar!!!

Depois chorei muito, mal eu sabia o quanto ia chorar.

Contudo continuava com uma lágrima no canto do olho. Fui à casa de banho ver de quem seria esta lágrima que me invadia o rosto.Era minha. Não era uma lágrima. Era uma pequena ferida que se tinha aberto na minha testa; uma parte da minha pele que tinha decidido chorar por mim, que gotejava uma aguadilha que poderiam muito bem ser lágrimas, mas que era só uma coisa indistinta. Eram lágrimas de alegria? Não, era uma ferida aberta que não sabia de todo se iria fechar,era um buraco bem fundo, um abismo, ia ser Mãe de uma criança que não tinha saído de mim, que não me conhecia de lado nemhum, eram ser lágrimas de sofrimento pois não sabia se estava a caminhar para o Céu ou para o Inferno.

Depressa descobri que entrei no Inferno mas com um único intuito, chegar ao Céu. 

Foi a primeira pergunta que me fiz quando soube que teria de escrever este texto. E lembrei-me da pequena história com que começo este texto. E a resposta é simples: amo a minha pele! Amo a pele da minha filha!

É tão imprevisível!  E para mim não há nada no mundo melhor que a imprevisibilidade! Pelo que é absolutamente lógico que sim, que amo a minha pele e tudo aquilo que ela decidir fazer, sempre que quiser! Amo-a por todas as partidas que já me pregou e por me ter condicionado tantas vezes e de tantas formas, como nesta pré-adopção, que de resto acabou muito bem, que sinto que a minha pele é a parte mais divertida do meu corpo, a que tem mais personalidade e a que recebe mais atenção e a que trato melhor. Tenho com a minha pele uma relação muito próxima, de grande ternura, de enormes cuidados, de muito amor, de imenso respeito. Venho de uma linhagem de peles más, na gíria comum: do lado da minha Mãe e do meu Pai. Raios!!!

Vesti esta nova pele, e que bem me sinto nela, não tenho uma pele perfeita como já disse, mas trato bem dela, se no futuro irá ser a pele melhor pele do mundo, não sei, mas é a pele que tenho.

Deste magnífico cocktail, já sabem que pele me calhou!

Mas cada um na sua pele, pois cada pele tem o seu cheiro a sua textura, todos devemos tratar da nossa pele, pois ela é o nosso espelho exterior, e se o nosso espelho exterior esiver bem cuidado, o espelho interior irá refletir-se sozinho, e dos nossos poros irá sair uma luz que irradiará todos os que nos rodeiam.