Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

maedocoracaosoueu

Dom | 15.04.18

DESAFIO 52 SEMANAS!!!SEMANA 15!!!

52.0.JPG

Desafio 52 semanas.

O que há de pior no mundo virtual.

Venho um bocadinho tarde, não é hábito, mas esta semana, não tive vontade, há dias assim, mas cá estou de volta e cheia de garra, devo dizer o tempo é o culpado, a sério, o tempo mexeu um bocadinho comigo, e mal apareceu um raio de sol , "fugi" de casa estava a precisar de vitamina D, aliás noto que as pessoas estão a precisar da vitamina D.

D de Disposição

D de Divertir

D de Descontrair

Com uma filha perto de fazer 16 anos anos, digam-me vocês o que há de pior no mundo virtual.

Manter os sentidos todos alerta, invadir a privacidade da minha filha, telemóvel, tablet.

Facebook, não me preocupa, só a deixei criar a conta quando tinha treze anos, mas não publica nada.

O messenger, uma dor de cabeça.

Notícias na televisão, faço questão que as veja e que tire as suas própras conclusões.

Pregar-lhe um belos sustos quando vejo algo que me desagrada ainda que muito soft,continuo a dizer.

MANTER OS SENTIDOS TODOS EM ALERTA.

 

Dom | 15.04.18

HÁ SEMPRE UMA LUZ AO FUNDO TÚNEL!!!!!!!!!!

Adoptar, é entrar num túnel para tentar encontar um ponto de luz,a saída.

There is no turning back!!! Só para os cobardes.

Nesse túnel muito escuro, aviso já, muito escuro, tens que ir preparado, pois não sabes o que vais encontrar.

Vestes uma camisola de gola alta,, mesmo que faça calor, calças umas meias e uma botas de cano bem alto, a camisola impede que os bichos te entrem no corpo, as botas também, eles entram por todos os " buracos" disponiveis, logo tens que te precaver.

Inicias a tua caminhada, entretanto tens que afastar as teias que se colam ao rosto e as aranhas que não tendo por onde entrar se agarram aos teus cabelos, sacodes para que desapareçam e continuas a tua caminhada, se quiseres, podes sempre voltar para trás e desistir, mas desistir não é a melhor saída, ou até pode ser, cabe-te a ti decidir.

As teias e as aranhas são a tua familia e os os teus amigos que te dizem que não devias entar nesse túnel, que é uma atitude muito nobre, mas que ainda vais a tempo de desistir, que não vais ser capaz, que não é fácil, que te vais arrepender.

Ao sacudires e afastares as teias e as aranhas és tu a dizer que vais conseguir, e que agora não voltas para trás, embora o teu sentimento seja de repulsa e medo, muito medo.

Quando a Diana vinha para minha casa ao fim de semana para conviver com a família e ambientar-se, lembro-me como se ainda fosse hoje, que ao levá-la de volta e como sofria de enurese, fez um chichi no carro do meu irmão, como é óbvio ele ficou danado, e a mãe do meu sobrinho, após a ter entregue, disse-me:

-Tens a certeza do que estás a fazer?

Foi só um chichi, pelo amor de Deus, o que queria ela dizer?

Vieram trazer-me a casa e ela agarrou-se a mim e pediu desculpa, o meu sobrinho recém-nascido estava na sua cadeirinha, ainda bem que era recém nascido, para não ouvir tal parvoíce da mãe, chorei, chorei tanto, chorei por darem importância a uma coisa que para mim não teve significado nenhum.

Desculpei-a,mas jamais me esqueci das suas palavras,e das minhas:

- Tens um filho, está aqui ao nosso lado, só espero que nunca te venhas a arrepender do que me disseste.

E ficamos por ali, e não se falou mais no assunto, não gosto de recalcar assuntos passados.

Isto para dizer que continuei o meu caminho pelo túnel, ouvi todos os conselhos com conta,peso e medida, mas no fundo tinha que ouvir o meu coracao, desistir não era opção, quando adoptas, não há um plano B, só há o plano A, e encontrei uma luz, o fim, e lá estava a minha filha de braços abertos para me receber, e ainda bem que sacudi teias,e aranhas, que vesti a roupa certa, que calcei as botas adequadas, se não o tivesse feito, onde estava agora?

Tive medo, sim tive medo, muito medo.

Mas estava a viver uma vida sem sentido, porque o sentido da minha vida é a Diana.