Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

maedocoracaosoueu

Qui | 31.05.18

SOU A FAVOR DA EUTANÁSIA!!!!!!!!!!ENTRETANTO LI ESTA NOTÍCIA!!!!! E FIQUEI COM DÚVIDAS!!!!!!!!

Tom Mortier, um belga de 38 anos, denunciará perante o Tribunal Europeu de Direitos Humanos (TDHE) a legislação que regula a eutanásia na Bélgica, por ter permitido o suicídio assistido de sua mãe, afetada por uma grave depressão.

Godelieva De Troyer, de 64 anos, morreu em abril de 2012 como consequência de uma injeção letal, que foi aplicada a pedido da própria, em um hospital de Bruxelas.

O filho decidiu levar à corte de Estrasburgo o caso de sua mãe para relançar o debate em seu país e assegurar um maior controle da aplicação das normas, informou nesta segunda-feira o jornal flamengo "De Morgen".

Os médicos deram a Godelieva De Troyer o sinal verde à eutanásia após concluir que a mulher sofria de uma "depressão intratável", apesar de apresentar uma boa saúde física, lembrou o jornal.

O filho foi informado dos fatos depois da morte de sua mãe, quando o hospital entrou em contato para avisar-lhe que poderia retirar seus restos mortais.

Mortier já tinha denunciado o caso perante a Ordem de Médicos da Bélgica e ao Ministério Público de Bruxelas.

A denúncia apresentada perante a procuradoria de Bruxelas em abril do ano passado se dirigiu em particular contra o médico que assistiu à morte de sua mãe, Wim Distelmans, presidente da comissão de controle da eutanásia na Bélgica.

Foi a primeira vez que um médico favorável à eutanásia, considerado como pioneiro na matéria, se tornou alvo de uma denúncia.

Em particular, Mortier denunciou a existência de graves indícios de que não foram respeitadas as condições da lei sobre a eutanásia.

AO VER UM DEBATE NA TELEVISÃO DEPAREI-ME COM ESTE FACTO.

O BASTONÁRIO DA ORDEM DOS MÉDICOS DISSE E BEM.

ESTA MULHER ALÉM DE SOFRER DE DEPRESSÃO, CASOU, CONSTITUIU FAMÍLIA CRIOU OS FILHOS.

MAS PELO SIMPLES FACTO DE SE APRESENTAR AO MÉDICO EM ESTADO DEPRESSIVO, E POR ESSE MOTIVO NÃO TER NOÇÃO DO QUE QUERIA OU NÃO PEDE PARA MORRER E É DE IMEDIATO EUTANASIADA?

SOU A FAVOR DA EUTANÁSIA, MAS ATÉ ONDE VAI O CONTROLE DA APLICAÇÃO DAS NORMAS?

COM TANTOS DOENTES A OCUPAR CAMAS NOS HOSPITAIS E COMPLETAMENTE ABANDONADOS PELA FAMÍLIA COMO IRIA SER?

NÃO ESTARÃO JÁ MUITOS DOENTES A SER EUTANASIADOS SEM QUE O SAIBAMOS?

SEI E ACREDITO QUE HAJA MÉDICOS/AS E ENFERMEIROS/AS, ALTRUISTAS,COM SENTIMENTOS, QUE SE DOEM PELA DOR DOS OUTROS MAS E AQUELES PARA QUEM OS DOENTES SÃO UM FARDO?

HÁ CASOS E CASOS, COMO É ÓBVIO.

E DISSO NÃO TENHO A MENOR DÚVIDA.

 ACREDITEM MESMO NÃO TENHO DÚVIDA.

 

 

 

Qui | 31.05.18

DESAFIO 52 SEMANAS!!! SEMANA 22!!!

52.0.JPG

NO MEU FRIGORIFICO TEM QUE HAVER:

Alegria de cada vez que é aberto.

Dado que tenho uma filha que come este mundo e o outro, gosto quando abre o frigorifico e fica feliz por ter o que comer.

Nada de coisas superfulas, maioritariamente, marcas brancas.

Gostava acima de tudo que mais crianças e gente grande pudesse abrir o frigorifico e ter sopa prontinha para aquecer, um iougurte para aconchegar o estômago, isto não pode faltar no meu frigorifico pois é o jantar do meu pai e da minha mãe à noite.

 

 

 

Ter | 29.05.18

QUANDO ELES DIZEM QUE SÃO AS MELHORES EU ACREDITO!!!!!!!!!

Creme-Fraiche-Pancakes-5.jpg

 

Quando o casal mistério diz que são as melhores panquecas de sempre eu acredito, e só de ver os os ingredientes ainda mais.

Adoro panquecas, e para quem como eu também tem uma queda para este manjar.

Cá vai:

Para fazer esta maravilha, vou precisar de farinha, açúcar, fermento, sal, leite, crème fraîche, ovos, extrato de baunilha e manteiga para derreter na frigideira. Como toppings, vou usar xarope de ácer, rodelas de banana, mirtilos frescos e avelãs tostadas sem pele.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Comece por misturar numa taça a farinha, o açúcar, o fermento e o sal. Numa outra taça, misture o leite, o crème fraîche, os ovos e a baunilha. Depois junte os ingredientes líquidos aos ingredientes secos e misture bem. Se tiver tempo, deixe a massa assentar durante 30 minutos.

Entretanto, aqueça uma frigideira em lume médio-alto. Derreta a manteiga e faça as panquecas. Coloque um pouco da massa no centro da frigideira e agite a frigideira para que a massa forme um círculo. Quando a panqueca começar a borbulhar em cima, ao fim de 1 a 2 minutos, vire-a ao contrário. Deixe cozinhar durante mais 1 minuto até ficar dourada. Repita o processo até acabar com a massa.

Se quiser, pode ir guardando as panquecas no forno, pré-aquecido a 80º C, à medida que forem ficando prontas. Sirva acompanhadas de rodelas de banana e de mirtilos. Finalize com um fio de xarope de ácer e umas avelãs tostadas. Não espere mais! Não deixe arrefecer!

Ter | 29.05.18

UM AVÔ QUE NÃO GOSTAVA DA NETA!!!!!!ATÉ QUE CERTO DIA!!!!!!!!!

Quando adoptei a Diana o meu pai não gostava da miúda.

Quando digo não gostava,digo, não lhe tinha amor.

A miúda era muito agitada.

Andava sempre ligada à electricidade.

Mas não era isso que o incomodava.

Era o facto de quando chamada à atenção ela tinha por hábito encolher os ombros e bater as mãos uma na outra como quem " quero lá saber".

Isto fazia muita confusão ao meu pai.

Do ponto de vista dele, a miúda não devia ter estas atitudes com a mãe, eu.

O que o meu pai não entendia é que a Diana ainda não era minha flha.

A Diana não me via como sua mãe.

Eu era uma estranha.

E como ela fazia isto com todos os estranhos!!!!!!!

E o meu pai continuava a não gostar da neta.

Não equacionava mandá-la de volta para a instituição, não, era peremptório quanto a esta questão.

Mas não entendia o que era uma adopção.

Para ele eu era mãe.

Era um dado adquirido.

Mas não é assim.

Mas não havia maneira de o fazer entender.

Recordo-me que uma vez, cá em casa, no meio de uma confusão, casa cheia, com familaires, tudo a falar a miúda estava a fazer das dela juntamente com outros miúdos e o meu pai já irritado com a confusão, pega nela pelos braços e atira-a para o sofá, atirou-a literalmente, esta imagem não me sai da cabeça, mas ela já nem se lembra, a pequenita começou a chorar copiosamene eu também.

Não foi justo.

Não era ela que estava a portar-se mal.

Não foi justo.

Doeu-me tanto, mas tanto.

Aos dez anos a miúda acalmou.

Aos dez anos este avô começou a ver a neta com outros olhos.

Agora este avô exagera no amor que tem pela neta.

Ao fim da tarde se ela demorar mais do que é costume começa logo a perguntar:

-A menina ainda não chegou?

-A menina a que horas chega?

Às vezes até cansa.

Ela quando chega vem à sala dizer:

-Olá avô.

O avô fica todo contente " baba-se todo"

Quando por algum motivo ela não o faz  o avô fica sentido.

À mesa está sempre a meter-se com ela, gosta de a ouvir.

É que a miúda não se cala, e o meu pai acha-lhe piada.

Eu não.

Pois ela por vezes ultrapassa os limites daquilo que eu estabeleço.

Não é mal educada, mas tem por hábito dizer:

-Oh vô vai chatear pretos.

Esta frase é música para os ouvidos do meu pai.

Quando o avô está de cama é a neta que lhe vai levar o leitinho com mel.

Faz questão.

O avô fica todo babado.

As melhoras são mais rápidas.

Se vai sair com a amigas lá vem o relambório todo, é pior que eu.

Quando surge a conversa, quando lhe dizemos que ele não gostava da miúda, cala-se, ele sabe que é verdade.

O amor deste avô pela neta veio tarde.

Mas quando chegou tornou-se num amor maior que o de muitos pais e avôs por esse mundo fora.

Ninguém é obrigado a amar de imediato e incondicionalmente.

Há pais e avós biológocos que não amam os seus filhos, os seu netos.

Logo o meu pai não tinha obrigação de amar a sua neta.

Se o censuro?

Não.

Compreendo-o.

O meu amor pela Diana também não foi imediato, nunca é , é uma amor que se conquista hora a hora, dia a dia.

É um amor que cresce como uma planta, quando bem regada e cuidada.

O coração é o regador, o sangue que nos corre nas veias é a água que faz com que a planta cresça e floresça.

O coração do meu pai abriu-se um pouco mais tarde, mas muito a tempo.

Amar é uma arte, e nem sempre o artista tem inspiração.

A inspiração demora mas quando ocorre dela surge a mais linda obra de arte já vista.

E desta inspiração surgiu um amor que é uma obra de arte.

 

 

 

 

Seg | 28.05.18

DOCE E SAUDÁVEL!!!!!!!!!

5c6de6e7661d8d359b8fb073c7f1db51366c44b1.jpeg

os bolos mais fáceis e saudáveis de sempre: biscoitos de banana, coco e chocolate sem farinha nem açúcar

Para fazer esta maravilha, só vai precisar mesmo disto: uma banana bem madura, já com algumas manchas pretas na casca e 70 g de coco ralado fininho. Para o topping, separe chocolate partido em pedaços e óleo de coco. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita original aqui.

Eu disse que eram os bolos mais fáceis de sempre, não disse? É que tudo o que precisa de fazer é esmagar a banana com um garfo até ficar bem cremosa. Misture o coco ralado. Faça pequenos montinhos desta mistura, com o tamanho de uma colher de sopa, e coloque-os em cima de um tabuleiro forrado com uma folha de papel vegetal. Ponha o tabuleiro no centro do forno, pré-aquecido a 180º C, durante 15 a 20 minutos, até as pontas dos biscoitos começarem a ficar tostadas.

Retire e deixe arrefecer completamente. Enquanto isso, derreta o chocolate, juntamente com o óleo de coco, numa taça, no microondas, por períodos de 30 segundos, mexendo a cada intervalo. Quando os bolinhos estiverem frios, mergulhe-os no chocolate derretido e salpique o resto por cima. Deixe arrefecer até o chocolate ficar duro. E vá comendo à vontade. Mais saudável do que isto, não existe.

Mais uma receita de um blog que adoro "casal mistério"

Seg | 28.05.18

AS COISAS QUE DESCOBRIMOS!!!!!!!!!!!

Estava eu a lmpar o pó aos meus livros quando descubro um texto que escrevi tinha eu 24 anos.

Meu Deus.

Foi quando terminou o meu primeiro namoro.

São palavras com 22 anos.

Sem dúvida, sempre gostei de escrever, gostava de exteriorizar tudo para o papel, sempre,provavelmente ainda encontrarei mais.

Passo a transcrever.

"Vivo num corpo que não sei se é meu.

Não acredito que um corpo mereça sofrer tanto.

Este corpo e esta alma deambulam por este mundo cheio de ins.

Imperfeito.

Infeliz.

Impiedoso.

Sinto que vou para algum lado.

Para onde, não sei.

Sinto que faço algo mas porquê não sei.

Dou vida a este corpo, ressuscito esta alma que não sei se é minha e deambulo por aí.

Esta alma procura algo e não encontra, nem sabe se alguma vez encontrará.

É dificil, é penoso, não sei se o corpo aguentará esta procura incessante que não está a levar a lado nehum.

Acho que já nada encontrarei.

Também não sei se procurei bem.

Vivi num mundo de sonhos e ao fim de quato anos vi-me obrigada a encarar esta realidade, medonha realidade.

Não sei o que fazer.

Não sei para onde vou.

"Há males que vêm por bem", dizem.

Quanto a mim há males que vêm para nos dizimar, destruir, desabar, descobrir que nada somos.

Que estamos aqui por estar.

Tive a minha oportunidade e desperdicei-a, paciência.

Não sabia que estava a ser testada, que estava sob estudo, cobaia de quem não sei.

Perdi a minha oportunidade que foi dada a outra.

Outra que foi bem mais esperta que eu.

Aproveitou-a.

Bravo!!!

Parabéns sê feliz por mim pessoa, aproveita o que te dão, pois não imaginas o quão triste é estar só,triste e sem rumo na vida.

Quando criamos espectativas e sonhos temos neles o nosso actor principal, é dificil, quase impossível arranjar outro igual.

Sonhar com outro, não, já nada se enquadra dentro daquilo que sonhamos.

É a  peça do puzzle que faltará sempre e por isso nunca ficará completo.

É um puzzle com 999 peças,.

Não serve para nada.

É para deitar fora.

Vou deitar fora o meu puzzle.

Não consigo encontrar a peça que falta.

E está a ficar tarde.

O tempo destinado a acabar o jogo terminou.

Perdi.

Já nada posso fazer a não ser ficar quieta, à espera.

Continuo à espera.

Quem me vem buscar?

Não sei se aguento.

Terei que ser eu a tomar a iniciativa?

De ir sozinha?.

Tenho medo.

Não tenho coragem.

Quem sabe um dia.

Talvez já amanhã."

AS COISA QUE DESCOBRIMOS!!!!!!!!!

LAMECHAS NÃO??

PENSEI QUE O MUNDO IA ACABAR.

PENSEI QUE NÃO IA ENCONTRAR ALGUÉM.

TÃO INGÉNUA 

COM 24 ANOS TÃO INGÉNUA.

MUDEI TANTO. 

A MINHA VIDA MUDOU TANTO.

MAS ADOREI LER ESTE MEU TEXTO, COM LETRA MUITO REDONDA, LETRA QUE NADA TEM A VER COM A DE AGORA.

ADEUS PAULA COM 25 ANOS.

OLÁ PAULA COM 46.

VOU GUARDAR ESTA PRECIOSIDADE NO MESMO SÍTIO QUE ENCONTREI.

DENTRO DE UM LIVRO

 

 

 

Pág. 1/7