Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

maedocoracaosoueu

Sex | 13.07.18

O MEU FADO!!!!!!!!!!!O FADO DA MINHA FILHA!!!!!!!!!!!!

Este é o meu fado, aliás é o meu fado e o da minha filha.

Amigas e mães problemáticas.

Primeiro caso a Gabriela.

Já falei dela, a menina do bullying.

Possesiva.

Queria a Diana só para ela.

A Mãe, com uma depressão crónica desde os 12 anos.

Ligava para a minha filha.

Manda-me mensagens sem nexo.

Fizeram-me a vida num inferno.

Agora a Susi.

Possessiva.

A mãe, uma pessoa "normal", penso eu não a conheço pessoalmente.

Mãe solteira com duas filhas ao seu encargo.

Pai ausente.

Mãe que trabalha mais de 8 horas por dia para que nada lhes falte, mas muito ausente.

Esta semana, estava a Diana no Centro de Estudos e liga com ela, pede para ir lá a casa fazer companhia à filha mais nova.

A Diana vai, só me diz quando já vai a caminho.

Não gostei e disse-lhe que não voltaria a acontecer, ela tem mãe, não é filha de ninguém logo tem a obrigação de me dar conhecimento das coisas.

Mandei mensagem à senhora a pedir que não voltasse a fazer o que fez.

Primeiro tem que falar comigo.

Ontem recebo uma mensagem da senhora a dizer que a filha mais velha fez um escândalo quando soube que a Diana tinha ido fazer companhia à Jessica, a filha mais nova.

Dizia que a Diana se tinha descaído e tinha contado à Susana.

Errado, digo eu, a Susana viu-as a passear no jardim e passou-se com a irmã, e depois com a mãe, a minha veio embora, detesta este tipo de situações.

Continuam a mensagens e como as detesto liguei.

Ouvia a miúda aos berros com a mãe.

Expliquei o sucedido e ainda disse mais .

A Diana após uma visita de estudo com o Centro de Estudos, foi a casa da Susi lanchar, tendo por isso chegado para jantar às 8, 

6 e 30 não é hora para se convidar alguém para lanchar, a meu ver, claro.

A senhora ficou perplexa, não sabia.

Disse que não sabia lidar com a filha, a miúda é muito revoltada.

Perguntei se andava num psicólogo.

Sim.

Parece que não está a resultar, digo eu.

Disse-lhe, quem sou eu para dar conselhos, que a filha tem 16 anos mas ela era mãe, a autoridade, tinha que fazer algo, se não o fizer não sei no que isto vai dar.

Mas tal como disse, quem sou eu para dar conselhos?

Também lhe disse para transmitir à filha que se não moderarar as atitudes a Diana fica proibida de conviver com ela, esta parte custou-me.

Mas primeiro a minha filha depois as dos outros.

Eu não sou a Madre Teresa de Calcutá.

Disse-lhe ainda que na minha opinião a Diana tinha medo da Susi e não amizade.

Que estava a reviver aquilo por que já passou, e eu não quero, não quero ponto final.

A senhora pediu muita desculpa, mas pedir desculpa não adianta algo tem que ser feito, tem que agir.

A Susi tem ciúmes da amizade da Diana com a Jessica, sua irmã.

Pois, como não há-de a Diana gostar mais da Jessica se esta é mais ponderada e mais querida?

Bem está aqui um bico de obra, e sei que me vou chatear com a minha filha, ou talvez não se o que ela sente pela a Susi for medo.

Mas isto é o meu fado.

Quando é que a minha filha vai ter amigas "normais"?

Sem problemas.

Sem ciúmes.

Que aceitem a amizade como sendo um todo, onde se podem encaixar várias pessoas e não uma só?

Diz o N que eu sou a culpada por as mães serem depressivas, diz na brincadeira mas eu não gosto.

Pelo contrário as mães é que me deixam depressiva ironia, mas um dia o balão vai  rebentar, e vou-me passar com a Susi.

Além disso e para agravar a situação.

A Susi combinou com a Diana, já há algumas semanas, ir ver um concerto na Senhora da Hora, e ficaria a dormir em casa dela.

Até aí tudo bem.

Liguei com a Senhora a perguntar se ia com elas.

-Sim foi a resposta.

-Nunca as deixaria ir sozinhas.

Fiquei tranquila.

No dia seguinte a Diana " abre o livro" e diz que foram sozinhas pois a senhora estava cansada, mas foi buscá-las.

Sério!!!!

Estamos a falar de duas adolescentes com 16 anos e uma menina com 13.

Para piorar a situação a minha filha chega a casa com os olhos pintados.

Passei-me.

Eu já sei como a Susi é nesse sentdo, mas a minha filha não, foram a um concerto sozinhas, pintadas e pensando eu que a senhora iria, deixei a minha filha levar um vestido, quando para mim, ir a um concerto é levar calças de ganga e umas sapatilhas, primeiro pelo conforto segundo porque...............bem estão a ver o filme.

Começo a perder a minha paciência.

 

Sex | 13.07.18

DESAFIO 52 SEMANAS!!! SEMANA 28!!!

O desafio desta semana é sobre as minhas neuras e manias.

Pois bem raramente estou com a neura excepto na semana que antecede aqueles dias dificeis.

Fico tipo.

As minhas manias.

Os cheiros, já o disse num post anterior que tenho a mania dos cheiros, não suporto mau cheiro, abuso no maciador, seja no Inverno ou no Verão, adoro roupa a cheirar bem, aliás os meus pais gozam comigo pois quando apanho a roupa cheiro peça por peça e se o cheiro não me agradar vai outra vez para a máquina.

Adoro entrar numa divisão da casa e sentir aquele cheirinho maravilhoso a frescura.

Tenho a mania de controlar a minha filha no que diz respeito à lavagem dos dentes, é tão mas tão preguiçosa, estou sempre a dar-lhe na cabeça.

Tenho a mania das limpezas e arrumações, todos os meus armário estão impecáveis, tudo no sítio, separado por cores e padrões.

Tenho a mania de ver todos os dias as gavetas e os armários pois tanto a filha como o tio são muito arrumados estou a ser irónica.

E para já não me lembro de mais nada, se me lembrar acrescento.

Tenho a mania de cheirar a roupa da minha filha, para ela cheira sempre bem, e os sovacos heim??? Ela acha que não transpira