Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

maedocoracaosoueu

Seg | 12.11.18

A SOLIDÃO TAMBÉM PODE SER FELICIDADE!!!!!!!!!!!!!!

 

Ao contrário de todos os prognósticos sobre o amor e sobre a importância de não ficar só, eu descobri que respeitar a minha solidão tem um importante impacto na minha felicidade.

Eu consigo e posso ser feliz sem ter ninguém comigo para dividir a vida, e essa é uma verdade que não me dói mais.

Com o tempo e com os amores, mesmo que sem querer, a gente esquece-se que estar só não é a pior coisa do mundo.

O que não significa que não prestemos ao amor ou até que não queiramos ter um sentimento a dois.

Na verdade, nada mais faria tanto sentido quanto ter a sorte e a sintonia de nos cruzarmos com a mesma superfície emocional de alguém que combina e, principalmente que nos entenda, que nos respeite.

Só que nós sabemos que nem sempre é assim.

Logo, em vez de sofrermos procurando respostas para infinitas perguntas, por que não simplesmente fazer por ser feliz?

Assim, sem companhia e ligação maior com alguém.

Talvez o compromisso de estar só em busca de uma genuína felicidade atraia um amor que resolva repousar no nosso colo, mas se não for o caso, pelo menos vamo-nos agregando e  permitindo novas oportunidades para amadurecer emocionalmente e espiritualmente.

Se puderes, viaja.

Se tiveres vontade, vai ao cinema consigo.

Se quiseres sair para beber alguma coisa, escolhe o lugar e divirte-te.

Se a música está boa, canta descaradamente.

Se for engraçado, deixa o teu sorriso ser a assinatura de quem tu és por dentro.

Se te apetecer  ficar na cama, fica.

Se passares os olhos naquele livro que já nem sabias que tinhas, dê-lhe uma nova chance.

Se tiveres sexo bom, repete-o.

Se conheceres alguém que não representa nada para ti, não vás atrás, larga. 

A vida, a tua vida deve e merece ser uma extensa impressão da felicidade.

Se chegar uma boa companhia para dividi-la consito, aproveita.

Mas se não, continua em movimento por ti e para ti.

Porque o amor tem muitas e variadas formas não é uma linha recta.

Existem muitos e diferentes tipos de amor.

O amor dos pais.

O amor dos filhos.

O amor dos amigos.

É um amor diferente mas é amor e preenche-nos de maneiras tão diferentes.

4 comentários

Comentar post