Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

maedocoracaosoueu

Dom | 16.09.18

AMAR É TELEPATIA!!!!!!!

 

Não sei em relação aos outros sentimentos, mas quando falamos de amor  não penso duas vezes antes de afirmar que, sim,  encontra-se nos detalhes.

O amor está na tranquilidade que, muitas vezes alguém nos nos traz apenas por estar ali presente tal como uma peça de mobiliário da casa.

O amor nem sempre é uma questão de cheiro e toque, ele está também no impalpável, na cumplicidade invisível de um sentimento que não exige excesso de palavras.

Amar é também encontrar serenidade nos espaços e silêncios, é não precisar de provas diárias para nos lembrarmos de que se é totalmente amado e aceite, mas carregar a paz e a certeza de uma entrega mútua que não permite dúvidas, pois é sentida em todos os lugares.

O amor está na telepatia, no conhecer o outro tão bem a ponto de antecipar as suas palavras e os seus pensamentos e, mesmo assim, surpreender-nos sempre com a magia que é estar ligado tão profundamente a alguém a ponto de pronunciar frases sincronizadas, de ouvi-la falar alguma coisa e pensar “Eu ia dizer exatamente o mesmo”

 

O amor está na falta, na saudade absurda que sentimos do sorriso sincero, das resposta embora tortas e do cheiro, sim do cheiro.

É esquecermo-nos propositalmente de todas essas coisas só para nos apaixonarmos novamente por elas, todos os dias.

O amor é reencontro. É uma constante mistura dolorosa e gostosa de uma saudade daquilo que, muitas vezes, ainda nem aconteceu.

É esperar um dia inteiro que chegue da escola só para a ouvir e cheirar.

O amor está também, não necessariamente no concordar, afinal, e, felizmente, sempre haverá discordâncias e opiniões divergentes. Uma de nós será mais sem stress, a filha, a outra, eu,irá tomar decisões precipitadas e impensadas e irá sempre adiar mais um pouquinho as consequentes preocupações.

Eu irei estar mais atenta,serei meticulosa, sofrerei mais por antecedência do que por consequências reais.

Mas, muito antes da compreensão, o amor está no respeito, na sensibilidade de saber ouvir mesmo que ainda assim não concorde. 

O amor está em todos risos, ora tímidos, nos silêncios e também nos barulho do respirar, sim estou sempre a ver se respira, de noite principalmente.

Estou sempre a atenta, a ver se ela se mexe.

Porquê?

Não sei explicar.

O amor está na coragem de incluir alguém nos nossos planos de vida, mesmo sabendo que amanhã já não seremos mais os mesmos, mas está, acima de tudo, exatamente no turbilhão de detalhes não denotáveis que surgem nas nossas mentes quando alguém nos faz aquela difícil pergunta: “o que é o amor?”

O amor como diz a parábola de Buda o amor é:

Dar um passo de cada vez.

Deixar fluir e não te deixares influenciar

Eliminar o que é desnecessário.

É nunca perder o rumo.

É saber o que ela pensa ou sente antes de o dizer.

É aproveitar a viagem mas sem nunca perder o norte.

É aguardar impacintemente que chegue a casa sã e salva.

É não sentir um aperto no coração por achar que algo está mal.

Amar é telepatia.

 

2 comentários

Comentar post