Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mãedocoraçãosoueu

mãedocoraçãosoueu

DE FACTO ESTAVA ERRADA!!!!!!!MAS NÃO ME ARREPENDO!!!!!!!!

Mais uma conversa com a voz da minha consciência.

 

-Sabes afinal até tinhas razão.

-Ai sim? Porquê?

-Porque adoptar uma menina não é assim tão fácil como eu pensava.

-E?????

-Cresceu muito rápido, cresceu sem eu dar conta, está uma mulherzinha, tenho que estar sempre alerta, ando sempre com o coração nas mãos.

-A sério!!!Não me digas!!!!!!

-Sim, tem 16 anos, mas tem corpo de 18, é lalta morena,morena todo o ano, não sei a quem sai, magra, elegante, mas tão, tão imatura, escolhi bem não achas? 

-Sem dúvida tens jeito para o tiro ao alvo, há que ter muito cuidado.

-E as roupas!!!!!!fico de olhos em bico, algumas não aprovo, mas tenho que respeitar os gostos dela.

-Mas tem cuidado.

-sim eu sei, eu assusto-a tenho vergonha de o dizer mas assusto-a de verdade, ela fica apreensiva, mas só isso não basta.

-Pois não o que tiver que ser será.

-Pois!!!mas já tem 16 anos, daqui a nada começa a namorar, não me agrada a ideia, vou ter que a trancar em casa.

-Vives em que século?

-Não estás aperceber, é muito cedo, ela tem tempo, agora tem que se preocupar com os estudos e divertir-se, mais tarde, tem tempo.

-Isso depende dela certo? Estás ciente disso?

-Ma eu não concordo e ela sabe disso.

-Sim és tão crente

-Mas é tão imatura!!!!!!!

-E eu não sei disso? Mantém-te alerta e acima de tudo conversa com ela e ouve-a.

-Óbvio!!! Mas esta idade do "armário" é tramada.

-Eu sei.

-Tu sabes tudo.

-Verdade, já passei por isso.

-Com um rapaz não teria estas preocupações. Raios. As meninas não deviam crescer, deviam ser sempre as nossas meninas.

-Mas isso não é possível, é a lei da vida, mas tu sabes.

-Sim verdade eu sei.

-Dá-lhe asas, deixa-a voar.

-Eu dou, não a prendo, só o faço em situações que me apercebo que em nada serão benéficas para ela.

-Não a estás a deixar voar.

-Estou, estou, sério, ainda no mês passado foi 4 dias para Itália com os escuteiros.

-Engraçadinha.

-Só queria que ela não se precipitasse, queria que ela arrajsse alguém que a fizesse feliz, não a fizesse sofrer.

-Mas ela tem que sofrer, só assim irá aprender, os rapazes também sofrem por amor ou achas que não? Tu já não sofreste?

-Sim sem dúvida, mas não com 16 anos tinha 25 quando tive o primeiro desgosto de amor.Mas os rapazes aguentam melhor.

-Quem te disse? Não conheces, melhor dizendo, não conheceste pelo menos um rapaz que se matou por amor?

-Sim é verdade, ningué previa aquele desfecho.

-E então?

-Ok , o que tiver que ser será.

-E então estás arrependida?

-Não de todo, para já , digo para já, pois eles mudam muito, é boa menina, bem comportada, educada.

-Educaste-a bem.

-Sim mas não foi fácil, fui uma mãe tirana.

-eu sei, eu vi, mas estás a colher os frutos dessa tirania.

-Bom então fico com esta, agora é tarde para trocar não é?

-Hoje estás muito engraçada, sem dúvida.

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D