Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

maedocoracaosoueu

Seg | 26.03.18

E SOBRE O AMOR!!!!!!!!!!!! O DESTINO É TRAMADO!!!

Esta história de amor não teria acontecido, sem o fim infeliz de outra história de amor.

Após o fim de dez anos de uma relação com uma pessoa já com uma filha, e não querendo mais eu fiquei só e sem realizar o meu sonho de ser mãe, o mundo de repente desabou, aquilo que achava como certo, afinal não era, sempre fui muito ingénua.Chorei, chorei durante muito tempo, mas cheguei à triste conclusão que não podemos achar que tudo é um dado adquirido, por esse motivo agora raramente choro, as lágrimas secaram, é que não choro mesmo, com a Diana foi diferente eram lágrimas que me limpavam a alma, para no dia seguinte me erguer e continuar a " batalha". Aliás,minto, choro quando vejo programas sobre crianças que sofrem e desculpem sei que não tem comparação, quando vejo programas sobre animais maltratados, prefiro não ver pois sei  que que vou chorar.

Cresci, mudei, nunca mais fui a mesma, mas uma coisa não mudou em mim, a vontade de continuar a amar, se eu perdesse isso também, que seria feito de mim? 

Foi o ínicio de uma nova etapa na minha vida, por vezes dou por mim a pensar, e se tudo isto não tivesse acontecido, onde estaria a Diana agora?

Tive que me reerguer, renascer das cinzas, tal como uma fenix, e fiquei mais forte, mas ao mesmo tempo mais "dura", e foi essa dureza que me ajudou a conquitar tudo o que tenho hoje.

Tenho uma amiga que me dizia: " chora pois as lágrimas limpam a alma" e é bem verdade.

Agora compreendo que nada acontece por acaso, aquela relação tinha que terminar pois eu tinha a Diana à minha espera, já estava escrito, disso não tenho dúvidas, as dúvidas com as quais fiquei, dúvidas não, convicções, é que não acredito em relações para toda a vida, sempre acreditei, sempre quis envelhecer ao lado de um grande amor, mas já não acredito, e tenho pena, pois os filhos criam asas e voam, eles não são nossos são do mundo, mas o amor de um casal é só deles, se claro, fôr verdadeiro, ainda existem amores verdadeiros, eu sei que sim, ainda há quem morra pois tem saudade de quem já partiu, acredito piamente, mas...............................................

Foi esta descrença no amor que me fez amar de outra maneira, como mãe.

É isto que nos move.

Já estava escrito, estava escrito nas estrelas, que aqui bem perto vivia uma criança em busca de amor, e havia uma mulher que queria muito amar.

O DESTINO É TRAMADO

2 comentários

Comentar post