Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

maedocoracaosoueu

Qua | 19.09.18

EU SOU INTENSA!!!!!PENSAVA QUE SIM MAS AFINAL NÃO SOU!!!!!!!!!!!

 

Em toda a minha vida eu sempre fui intensa em tudo.

Relacionamentos com amigos.

Relacionamentos com namorados.

Ser intensa já me custou noites em claro, acordar de madrugada enquanto a cabeça não parava.

Porém, ser intensa já me proporcionou o outro lado da moeda, momentos muito bons e com pessoas que naquele momento eram incríveis.

Ser intensa é ir atrás do que se quer, sejam quais forem as circunstâncias.

Ser intensa é dar a cara para bater e não nos importarmos com a dor.

O problema é que quase ninguém está preparado para nós, os intensos.

Nós queremos para ontem e embarcamos nos mais profundo dos sentimentos.

Amamos com a alma, colorimos o cinzento e damos às pessoas um mar de agitação na vida delas.

 

Se nós querermps, nós tentamos.

Corremos atrás, escrevemos textos românticos  para a pessoa que amamos.

Falamos verdade em cima de verdade.

Demonstramos sentimento.

Não esperem menos de uma pessoa intensa, porque não vão ter.

Somos profundos.

Porém, sofremos o dobro.

Porque não amamos pela metade, amamos por inteiro.

E quem hoje em dia ama assim?

Só que ser intenso é também ter força para nos levantarmos após uma uma queda e viver tudo de novo.

É incrível a força que nos rege.

Temos esperança no amor e acreditamos nele.

Sabemos que se não der certo hoje, amanhã vai dar.

Nós doamo-nos, sofremos, levantamos e vivemos de novo.

Ser intensa é um problema?

Depende. Eu prefiro viver com a certeza que tenho capacidade de amar, do que viver  apática no que diz respeito aos sentimentos mais lindos e profundos.

Então se esse é o problema, eu tenho um dos mais sérios.

E ao amar por inteiro sofremos por antecipação.

Mas não podemos.

Mas sofremos.

Isto porque recebi uma notícia que há muito, aliás desde o começo me assombrou.

A minha filha tem uma grande probabilidade em ter filhos deficientes.

Eu tinha quase a certeza, e foi confirmado pela médica de genética.

A minha filha sendo filha de uma senhora deficeinte profunda provavelmete não irá poder ter filhos.

A minha filha que adora crianças, que com 16 naos ainda pára para ver beb´ss, não vai poder ser mãe.

De tudo o que poderia ouvir esta foi uma das piores realidades.

Como se explica isto a um filho?

Ela estva presente na consulta, falamos baixinho eu e a médica, mas será que ela ouviu?

Se ouviu terá entendido?

Não falou no assunto.

Como sempre não fala nos assuntos.

Este então!!!!!!!!!

Quando tiver 18 anos vamos á consulta novamente.

Será que com 18 anos irá entender?

Não vale a pena sofrer por antecipação, mas é irónico não?

Irá ela mudar de ideias e não querer ter filhos?

Duvido, acho que vai querer, muito e muitos.

Mas aqui fica uma dúvida serei eu intensa? 

Provavelmente não sou pois não tenho coragem de abordar este tema com a minha filha.

Provavelmente o que escrevi até agora foram "balelas", eu não sou intensa sou cobarde.

 

8 comentários

Comentar post