Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

maedocoracaosoueu

Dom | 13.05.18

ISTO DÓI!!!!!!!!!!!DÓI A VALER!!!!!!!!!

Doi muito.

Ver a minha mãe chorar .

A minha mãe chora.

Porque o meu irmão terminou mais uma relação.

Porque lhe disse que não fazia cá falta nenhuma.

Porque Deus o está a chamar.

Porque lhe pede perdão pelo que vai fazer.

A minha mãe pede que pense no filho

 O meu irmão diz que o filho tem a mãe para cuidar dele.

 A minha mãe tem um dom e acredita que o meu irmão vai fazer asneira.

Tenho medo deste dom da minha mãe, às vezes é assustador.

E eu?

Ouço a minha mãe e tento não chorar

Eu digo que quem ameaça não faz.

Que por norma fazem e pronto, não dizem nada.

A relação do meu irmão acabou por culpa dele.

Ele admite.

Então porque não tenta mudar?

Nas relações entrega-se demasiado.

O meu irmão é muito fraco.

Vai abaixo, é normal, mas tem dificuldade em se levantar.

E a minha mãe chora.

A minha mãe quer que ele vá a um psicólogo.

O meu irmão não quer.

Por este motivo não tenho vindo aqui com regularidade.

Ando a gerir esta situação.

Não quero ver a minha mãe a chorar.

Lá fora está escuro.

Nem faz sol nem faz chuva.

A alma entristece.

Eu que sou optimista por natureza sinto-me fraca, sinto-me triste.

Sorte a minha que a miúda foi sair com uma amiga.

E posso estar triste.

O meu irmão não tem o direito de fazer isto à minha mãe.

Simplesmente não pode.

Se estivesse gravemente doente eu compreendia.

Isto não compreendo.

Já passei duas vezes por esta mesma situação.

Chorei, a minha mãe amparou-me.

Mas nunca me ocorreu de todo achar que a vida tinha terminado.

Que não fazia cá falta.

O meu irmão não tem o direito de fazer isto à minha mãe.

A minha mãe não fala, não fala com ninguém.

Esta não é a minha mãe.

A minha mãe não dorme.

O meu irmão não tem o direito de fazer isto.

 Eu ouço-o e chamo-lhe fraco.

Não tenho estômago para isto.

Acima de tudo porque ele está a fazer a minha mãe sofrer.

Não aceito.

Os filhos não devem entristecer os pais.

Os filhos têm a obrigação de os fazer sorrir.

Os filhos têm obrigação de não os fazer sofrer.

Os filhos são egoistas.

Sinto-me triste.

Sinto-me como o tempo, fria e escura.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

13 comentários

Comentar post