Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

maedocoracaosoueu

Seg | 18.06.18

O MIGUEL!!!!!!!!!!!!!

Na empresa onde trabalhei alguns colegas eu inclusivé tinhamos por hábito levar e colocar no frigorífico iogurtes liquidos e sólidos.

As pessoas tinham também por hábito não os consumir e deixar passar o prazo de validade.

Eu por sua vez quando via que não iam ser comidos ou bebidos "atacava-os"

Sempre me disseram que estes produtos ainda podem ser consumidos após a data de validade.

Mas os alguns colegas era esquisitos.

Mas o que mais me fazia confusão é que não ganhavamos por aí além e as pessoas davam-se ao luxo de desperdiçar.

Mas cada um sabe de si.

E não eram iogurtes de marca branca, era aqueles bem carotes

Um belo dia tinha eu esquecido de levar o meu, assalto o frigoriico e ...........

Às páginas tanto, uma colega entra no meu gabinete e diz:

-Alguém bebeu o meu iogurte.

Não sabia que tinha sido eu.

E como não tinha porque omitir e deixar que ela desconfiasse de outra pessoa...

-Rosa, fui eu, como tem lá tantos fora da validade, nem reparei e bebi. Amanhã trago-te um.

-Nem penses Cristina

-Não, eu faço questão.

-Não, se foste tu não tem mal nenhum.

Perante isto o meu colega, o Miguel conta.

Quando trabalhava na Optimus, na altura ainda era a Optimus, também tinham um frigorífico, mas o pessoal era mais que muito,assim sendo ele levava o seu iogurte liquido com o nome escrito, e vai que um dia alguém decide bebê-lo, ok passou.

Mais um dia e lá vai o iogurte dele.

Passou-se mas contudo o que faz.

Tinha um laxante em casa, e com uma seringa pimba no iogurte.

Dia seguinte, iogurte desapareceu outra vez e como trabalhavam num open space ele viu um colega ir vezes sem conta à casa de banho.

Feito lorpa foi ter com ele e perguntou se havia algum problema, este Miguel tinha uma lata

O colega diz que estava com diarreia não sabia porquê pois tinha saído bem de casa, não tinha comido nada que lhe pudesse fazer mal, logo não entendia o que se estava a passar, vai dái o Miguel

-Não comeste nada que fizesse mal, mas bebeste, bebeste o meu iogurte, aliás já os bebes há algum tempo e eu para descobrir quem era o engraçadnho injetei lá para dentro laxante.

O colega ficou lívido, se já estava pálido de tanto ir à casa de banho ainda ficou pior.

-Quando quiseres iogurte liquido, traz de casa pois eu pago os meus. Agora tens que ir à farmácia gastar dinheiro para parar a diarreia.

Foi remédio santo, os igurtes do Miguel não voltaram a desaparecer.

Sorte a minha que não bebi o iogurte do Miguel.

9 comentários

Comentar post