Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

maedocoracaosoueu

Seg | 22.10.18

PORQUE JÁ PASSEI POR ISTO PECO-VOS!!!!!!!!!!ENSINEM OS VOSSOS FILHOS A SEREM GENTIS!!!!!!!!!!!

 

Uma mochila nova, lancheira, sapatos e roupa escolar estão à espera pelo primeiro dia de escola da minha filha.

Houve uma empolgação no ar quando compramos livros e material escolar.

Tal como as outras crianças ela escolheu seu lugar.

Ela deu um grande sorriso para sua nova professora e conversou interminavelmente sobre a escola estar a começar  e como ela estava animada por voltar e aprender.

Ela foi cortar cabelo e contou à cabeleireira que iria começar a escola.

Vou tirar a tradicional foto do primeiro dia de aula, e vou olhar para ela todos os dias até me cansar.

E é aí que tudo irá terminar.

Como muitos pais ficam felizes e aliviados por voltar a uma rotina eu fico apenas com o nervosismo e a ansiedade.

As férias em casa foram felizes.

A minha filha é uma criança que consegue explorar o ar livre e experimentar a vida como uma criança despreocupada e curiosa.

Ela brinca com as crianças vizinhas até a hora de jantar e explora os acampamentos no fim de semana com os escuteiros.

Ela faz tortas de lama e suja as unhas que depis precisam ser cortadas e esfregadas com frequência.

 

Mas Infelizmente, a escola traz outras experiências.

A criança que brincou despreocupada até a hora de jantar com os vizinhos é a mesma criança que é frequentemente vista sentada com seu professor de apoio na sala de aula e a brincar sozinha no recreio.

As unhas que cresceram e ficaram todas sujas durante as férias foram substituídas por unhas roidas, cortadas e mastigadas, tanto que a roupa frequentemente chega a casa ensanguentada.

A menina que conversava sem parar com a família e os amigos é a mesma menina que é quieta e reservada na escola, frequentemente calada quando é chamada ou quando alguém lhe faz uma pergunta.

A criança que conseguia explorar durante as férias e realizar atividades variadas é a mesma criança que perde o foco e não se consegue concentrar na escola.

Minha filha tem deficiências de aprendizagem invisíveis.

No entanto, por trás delas, ela é uma criança como todas as outras.

Aliás, se olharem bem, verão que ela tem muito para vos ensinar e aos vossos e seus filhos.

Não a olhem como deficiente, pois não é.

Olhem-na como uma menina normal mas que tem necessidades específicas, uma menina gentil,carinhosa e educada.

Ensinem os vossos filhos a ver estas crianças com os mesmos olhos que veêm as outras.

Audem-nas a intregrar-se.

Cabe-nos a nós pais essa tarefa.

 

 

22 comentários

Comentar post