Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mãedocoraçãosoueu

mãedocoraçãosoueu

ADIVINHEM O QUANTO GOSTO!!!!!!!!!!!

A gente culpa-se por muita coisa, o tempo todo, apesar de muitas vezes estarmos livres de qualquer participação no que acontece ou de termos agido corretamente. É o caso daqueles momentos em que nos arrependemos de ter amado, de termos dado o nosso melhor, de nos termos entregue po inteiro, sem qualquer retorno. Porém, não podemos achar que saímos a perder, pois quem não recebe amor é que sempre perde.

Pessoas que acreditam no ser humano, acima de tudo, que chegam inteiras, sem rodeios, sem semões, pois acreditam que a verdade é o melhor, acabam por amar mais, com maior intensidade e transparência. Infelizmente, muitos andam em contramão da entrega, resguardando-se de tudo e de todos o tempo todo, tendo a desconfiança como modo de viver. 

Seja após repetitivas decepções, após uma traição doída, seja por conta de um lar em ruínas e estéril,o que é um  facto é que muitas pessoas não parecem prontas para amar, para se doar por completo, tampouco para receber tudo o que merecem. Machucaram-se demais, carregaram o peso da escuridão que traz o amor incompleto - que nem amor é, negando-se a recomeçar, têm o gosto amargo da desilusão que teima em persistir.

Por essa razão é que nos iremos sempre deparar com aqueles que pouco ou nada nos têm para dar, em termos de gratidão, sorrisos, carinho e admiração. E então virá a decepcção, vamos achar que perdemos muito tempo onde nada floresceu, com quem nada ofereceu. Ficaremos abalados e frustrados, alquebrados, sentindo-nos impotentes, sentindo-nos menos, menores. Na verdade, existem pessoas e lugares onde nada há para semear, a não ser o vazio.

Mesmo que nos decepcionemos, que nos machuquemos, que nos sintamos incapazes de despertar algo de bom, será preciso lembrarmos-nos sempre de que não estaremos a agir de forma errada . Ninguém perde por ser verdadeiro, por sentir e expressar o que lhe vai na alma, não se preocupem. Quem perdeu foi quem ficou lá atrás, longe de nós. Logo ali, ao virar da esquina haverá alguém que sabe lidar com amor verdadeiro. E será essa a nossa morada.

E por esse motivo mudei de endereço,não estou longe, estou mais perto do que possam imaginar!!!

A minha nova morada é MÃE, MULHER, FILHA, AMIGA, a morada antiga era MULHER, só MULHER, mas faltava algo, a morada estava errada.

Assim sendo:

Enquanto eu for viva serei sempre primeiro a tua mãe, e depois tua amiga. Eu vou andar atrás de ti, chatear-te, dar-te sermões, levar-te ao desespero, ser o teu pior pesadelo, e perseguir-te como cão atrás do gato sempre que for preciso, porque te amo.

Quando compreenderes isso, eu saberei que te tornaste num adulto responsável.

Eu vou defender-te sempre, mesmo nos momentos que tenha de te defender de ti próprio.

Nunca encontrarás na tua vida ninguém que se preocupe tanto, que te ame tanto e reze tanto por ti quanto eu.

Se não me chamares, pelo menos uma vez, na vida “A pior mãe do mundo”, então não estarei a fazer bem o meu trabalho.

Porque crescer exige saber escolher, e eu vou obrigar-te  a fazer as escolhas certas. Educar exige regras,  e essas regras são sempre impostas por mim.

Eu sei que não gostas mas que um dia vais dar-me razão. E vais amar os teus filhos e persegui-los até ao teu último sopro.
Tal como eu farei.

Enquanto eu for viva vou cuidar de vocês e ser paciente. Pois o meu amor por vocês é icondicional, antes de ser ,ãe sou filha, antes de ser mulher sou filha antes seja lá o que for sou filha, se não fossem vocês eu não seria nada.

Enquanto eu fôr viva estou aqui para vos ouvir e aconselhar minhas amigas.

Enquanto eu for viva vou ser mulher, continuar a cuidar de mim, para poder olhar para o espelho e ainda gostar daquilo que vejo, para poder continuar a amar-me, pois só assim poderei amar os outros, estar de bem comigo é estra de bem com o mundo, e lá vem a lei do retorno, o que dás ao universo ele devolve-te na exacta medida.

AGORA ADIVINHEM O QUANTO GOSTO!!!!!




CAPÍTULOS DA VIDA QUE NOS MARCAM PARA SEMPRE

Ele há situações que nos custa a acreditar que possam acontecer, e eu fui tetemunha de algumas, infelizmente.

Estavamos na empresa a arrumar tudo para sairmos, 18h da tarde e a minha colega e amiga, que trabalhava mesmo em frente a mim, chama-me e diz:

-Cris estou a sentr-me mal

-O que tens?

-Não consigo ver, nem consigo ouvir

Depois de me dizer isto, desmaia, ficamos todos em alvoroço e eis que chamamos os colegas homens para pegarem nela e a levarem para o consultório médico, acompanhei-a e fiquei com ela, entretanto ela acorda, e diz:

-Cris continuo a sentir-me mal.

E VOMITA

- Bi se provavelmente tiveste uma paragen de digestão.

Pedi a um colega para ir comprar umas água com gás, bebeu e disse:

-Cris ainda não me sinto bem 

E depois agarra nos cabelos:

-Cris doi, doi muito a cabeça!!!!!

E desmaia

Ai! eu só podia estar a ver um filme, eu não estava ali, não podia estar

Deitámo-la na marquesa e entretanto um colega nosso que tinha um curso de primeiros socorros virou-a de lado, pelo vistos tem sempre que se virar a pessoa de lado, não deve estar de barriga para cima ou para baixo.

Contudo todos os outros colegas já estavam a ligar para o INEM, mas nesse dia por azar o FCP jogava com uma equipa estrangeira, um jogo importante e o INEM estava todo lá, assim sendo vieram o BV de Leça do Balio, 20 minutos depois mas vieram.

Fui na ambulância com ela para o Pedro Hispano, durante o trajeto só ouvia o som horrível da sirene e a minha Bi a imitá-lo, os bombeiros nada me diziam, aliás hoje em dia, pode parecer piegas, mas não suporto o som de uma sirene, dá-me vontade de chorar, acho que fiquei com um trauma.

Chegamos ela entrou de imediato e eu fiquei à espera, entretanto a médica chama-me e começa a fazer perguntas:

-A Dona Beatriz vomitou?

-Sim

-O vómito foi de jato ou diretamente para o chão?

-Foi de jato

-Viu se ela teve teve enurese?

-Doutora, desculpe mas não sei o que significa

-Se fez xixi pelas pernas abaixo

-Doutora, lembro-me da Bi comentar que estava com o periodo, realmente toquei-lhe para ver se estava molhada, não me pergunte porquê?  mas senti que não estava, se está com o penso isso evitou que eu a sentisse molhada.

-Ok, Obrigada

Nada mais me foi dito, entretanto ligo para o marido da Bi e para uma irmã a dizer que ela estava no hospital e devido a uma congestão (pensava eu eu).

Veio tudo a correr ter comigo, estava ali sozinha hà tanto tempo, assustada, triste, preocupada, pois ninguém dizia nada, nada.

As horas foram passando e o marido decidiu bater à porta das urgências e perguntar como era, então a esposa estava lá dentro à tantas horas e ninguém dizia nada, lá entrou e saiu com uma bomba:

-A Beatriz teve um derrame cerebral

Caiu-me tudo ao chão, não não era possível, não com a minha Bi não.

Após toda esta triste situação a família lá nos ia dando notícias, e a última era que a Bi iria ser transferida para o Hospital de Santo António para ser operada à cabeça.

Um pesadelo, estava a acontecer um pesadelo nas nossas vidas

Foi operada, e lá fomos visitá-la, tinha corrido tudo bem.

A primeira colega que entrou para a ver saiu a chorar pois ela tratou-a mal, a segunda vinha transtornada pois ela não dizia coisa com coisa e disse-me:

-Cris quando entrares não olhes para lado nenhum, pois não vais gostar do que vais ver e acima de tudo não fiques transtornada ao ver a Bi

-OK

Lá subi entrei na sala onde ela estava, tentei não olhar para cama nenhuma, mas o pouco que vi não poderei esquecer entretanto vejo-a a ela, a Bi sempre teve o cabelo comprido, preto e muito forte, um cabelo muito bonito, qual é o meu espanto quando a vejo de cabelo rapado só de uma lado, bom senso, muito bom senso fazê-lo pois seria um choque para ela, ter o cabelo todo rapado, cheia de agrafos, parecia um skinhead, controlei-me, e sentei-me a falar com ela, realmente não dizia coisa com coisa, dizia que o enfermeiro a perseguia, só falava no enfermeiro e disse também:

-Cris gosto muito da tua camisola

-Gostas? Quando fores trabalhar ofereco-ta

Vim embora, entretanto o marido dela ligou-me e eu só chorava, ele dizia:

-Cris ela está viva, e agora vai recuperar.

-Sim eu sei mas não era a minha Bi que ali estava.

Uma coisa é certa, recuperou, não ficou com sequelas, e eu lá lhe dei a camisola que ela tanto gostou e ela não se lembrava de o ter dito.

ELE HÁ EPISÓDIOS NA NOSSA VIDA QUE NOS MARCAM PARA SEMPRE E ESTE FOI UM DELES

 

 

OS FILHOS NÃO SÃO NOSSOS SÃO DO MUNDO!!!

Vossos fihos não são vossos filhos.

São os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma.

Vêm através de vós, mas não de vós.

E embora vivam convosco, não vos peertencem.

Podeis outorgar-lhes vosso amor, mas não vossos pensamentos.

Porque eles têm seus próprios pensamentos.

Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas;

Pois suas almas moram na mansão do amanhã,

Que vós não podeis vistitar nem mesmo em sonho.

Podeis esforçar-vos por ser como eles, mas não procureis fazê-los como vós,

Porque a vida não anda para trás e não se demora com os dias passados.

Vós sois os arcos dos quais vossos filhos são arremessados como flechas vivas.

O arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com toda a sua força

Para que as sua flechas se projetem, rápidas e para longe.

Que vosso encurvamento na mão do arqueiro seja vossa alegria:

Pois assim como elel ama a flecha que voa,

Ama também o arco que permanece estável

" Gibran Khalil

A primeira vez que me disseram isto, após ter adotado a Diana, foi uma Grande amiga e eu adorei, sinceramente adorei e assimilei, de tal modo que digo isto a várias pessoas.

Depois em conversa com um colega de trabalho disse-lhe isto e ele disse-me para consultar este autor, adorei o texto e imprimi-o, estava sempre em frente ao meu computador, e lia  e relia várias vezes, agora que não trabalho quando trouxe as minhas coisa para casa veio comigo e acreditem ou não está debaixo do meu colchão, pois quero que estas palavras nunca desapareçam do meu pensamento, para que possa sempre aceitá-las, para não sofrer quando a pequenita voar.

Mais sobre mim

foto do autor

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D