Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mãedocoraçãosoueu

mãedocoraçãosoueu

HOJE É DIA DO GATO!!!!!!!!!!POIS VOU FALAR DO MEU!!!!!!!!!!

Resultado de imagem para imagens de gatos brancos

 

Dizem que hoje é dia do gato.

Como já disse várias vezes não acho piada,nem ligo a estas coisas dos dias.........

Mas aproveito este dia para falar do meu gato.

É igual a este, tal e qual. 

Branco.

E branco mais branco não há.

Confesso estou arrependida de ter um gato

Mas decidiram oferecer à miíuda quando ela tinha 8 anos e como sempre e desde que sou gente, sempre tive gatos.

Embora seja alérgica, sim sou alérgica ao pêlo do gato.

Mas nunca me importei, pois como costumo dizer, também sou alérgica ao polén e não posso cortar todas as arvores.

Mas confesso estou arrependida.

Eu explico porquê.

A casa.

Pêlos de gato por todo o lado, não há sítio onde não haja pêlos, até nos armários e têm portas!!!!!!!!!

Pêlos no chão.

No sofá.

Nas almofadas.

Na roupa.

Em cima da mesa.

Com esta o meu pai passa-se, diz que come pêlos de gato todos os dias

Pêlos no carro das minhas amigas.

Pêlos na casa das minhas amigas.

Se alguém vem cá almoçar ou jantar, peço para não virem de preto, se vierem não me responsabilizo

Se eu fosse dizer onde tem pêlos de gato, esta página não chegava.

Contudo já cá mora há 8 anos.

Faz parte da familia.

A relação da miúda com o gato é uma relação amor/ódio.

Calma eu explico, porque provavelmente ódio é uma palavra muito "forte".

Não passam um sem o outro.

Se ela está no sofá, ele está no sofá.

Se ela está na minha cama.

Ele está na cama, na minha cama, pois a dela é um beliche e o felino não vai para lá.

Deita-se me cima dela de tal maneira que a miúda não se pode mexer para não o incomodar.

Neste momento estão os dois no sofá e ele deitado de tal maneira que mete a cabecita dele no pescoço dela.

A filha come cerelac todas as manhãs, enquanto a prepara ele anda às voltas, às voltas, e mia e mai pois também quer, e no fim há sempre um restinho para ele.

 Nestes entretantos até chegar o momento dele ouço a miúda:

-Pipoca vais levar uma pamada.

-Pipoca pára

-Pipoca vou-te dar uma palmada.

-Pipoca cala-te.

Mas depois nada, qual palmada qual quê!!!!!

Por vezes arranha-a, ela vem queixar-se, eu digo.

-Dá-lhe uma palmada

-Oh mãe deixa isto passa.

-Então não me faças queixa.

E é cada arranhão!!!!!!!!

Por vezes faço de conta que lhe vou bater

-Mãe ai de ti, não te habilites.

Faço de propósito para ver a reação dela.

E é assim que vejo o quanto ela gosta do gato.

No Natal temos que esconder o pão de ló, ele come-o.

Aconteceu este ano, quando demos conta tínhamos metade de um pão de ló sorte a nossa que havia um segundo.

Quando a minha mãe chega do quintal e vai para a cozinha, anda de volta dela e mia e mia, quer figados, mas nem sempre há fígados, e roça-se nas pernas da mãe, e deita-se atrás dela.

A minha mãe deve ter um radar pois raramente o calca.

Com o meu pai não quer conversa.

Com o meu irmão é impostor, pois ele faz-lhe cócegas no lombo e ele derrete-se todo e solta mais pêlo., acho que largar tanto pêlo é uma demonstração de felicidade, só se fôr para ele, para mim não!!!!

Alturas há, em que saímos de casa e ele não pára de miar o tempo todo até chegarmos.

A minha mãe e o meu pai já disseram à miúda para comprar uma caixa e levá-lo com ela.

A miúda responde:

-Oh vó, oh vô não digam estupidez!!!!!!

Há uns anos fomos para o Algarve, foi a primeira vez que a miúda foi para fora e se ausentou durante 1 semana.

Quando eu ligava para casa o meu pai atendia.

-Pai está tudo bem?

-Está mas voltem depressa pois não se aguenta.o filho da........do gato, (o meu pai diz muitas asneiras) não pára de miar é de noite e de dia, além disso o filhoda............. parece uma estátua, está quase todo o dia sentado nas escadas a olhar para o vosso quarto

Quando chegamos foi a uma paródia, a miúda e o gato, o gato e miúda, não a largou mais.

O nosso gato é castrado, contudo agarra-se às mantas e faz coisas feias, a miúda ainda não entendeu o que está a fazer, e vai continuar assim, o problema é que a altas horas da noite apetece-lhe e lá se  agarra às mantas e faz um barulho horrível, coitados dos vizinhos

Eu já disse, o veterinário não o castrou, abriu-o e meteu-lhe os tim tins para dentro, é impossível ser castrado e continuar a gostar de fazer coisas feias, isto durante todo o ano, não só na altura do cio.

Mas o pior do gato, aliás da maioria dos gatos é estragar os móveis.

Cadeiras em tecido, fora de questão.

Sofás em tecido ou pele nem pensar, vivemos em função do gato.

Se eu vos contasse quantos sofás já forrei, vocês não iriam acreditar, assim comprei um na ikea e o tecido não permite que o estrague, cadeiras tive que dar as de tecido e comprar em madeira, não houve outra hipótese.

Este gato custa uma fortuna, não o venderia por meia dúzia de tostões, teria que reaver o dinheiro gasto

Neste momento, na sala tenho duas cadeiras em bambu,  já lhe põe a unha, mas como as reciclei,pintei com tinta de spray, dá me a ideia que a unha também não lhe pega, escorrega.

É tão bom ter um gato, aliás não me importava de ter mais um

Mas após todas estas queixas continuo com a mesma opinião, uma casa sem animais não é uma casa, na minha opinião claro!!!

Respeito e compreende quem não quer.

 

 

 

 

 

 

 

HOJE É!!!! HOJE É DOMINGO!!! UM DOMINGO COMO OUTRO QUALQUER!!!

Como já o disse no dia do pai.

Não tenho dias.

Não ligo aos dias dsito e daquilo.

Não ligo pronto, inventaram estas coisas com algum intuito, qual não sei.

O ano tem 365 dias da Mãe, não 1 dia para ela

Nos 365 dias esquecemo-nos, e no dia 6 de Maio lembramo-nos!!!

Sério!!!

Durante 365 dias por ano temos um papel, e o nosso papel e não unicamente no dia da mãe.

Vamos celebrar o dia da mãe todos os dias se faz favor.

Pois ser mãe é mais ou menos isto, corrijam-me se estou errada.

Se vos disser que a minha filha assim que se levantou me deu um beijo, não.

Se me incomoda?

Detodo.

Gosto quando diariamente me liga quando vem da escola pois quer sentir-se acompanhada.

Gosto quando me liga e a primeira palavra é Mãe!!!

Gosto quando o diz com mimo e eu ralho com ela e peço para falar correto, mas no fundo gosto quando fala com mimo.

Gosto quando a cada pedido me chama Mãe.

É disto que eu gosto, que ela nunca esqueça a palavra Mãe, pois no nosso caso esta palavra pode permanecer nas nossas vidas para sempre ou não!!! Mas foi uma escolha minha, portanto vou aproveitar todos estes bocadinhos.

Mas uma coisa é certa sou Mãe, durante quanto tempo não sei, mas bolas já sou mãe há dez anos, e não é que estou a gostar!!!!!

 

Este caso é para mães como eu.

Nós somos mães e pais, por mim falo, não necessariamente por esta ordem, mas sim em simultâneo. Super Guerreiras sempre com a espada numa mão e o coração como escudo na outra.

 

E esse é o nosso papel principal, embora nos desdobremos em tantos outros papéis num curto espaço de 24 horas. Não temos tempo para ler o guião, por isso improvisamos, a intuição de que somos dotadas raramente nos deixa ficar mal e quando se trata dos filhos, nem o cansaço nos vence.

"Enquanto sou mãe e pai, sou também cozinheira, dona de casa, professora, educadora, amiga, companheira, conselheira, organizadora, sou filha, sou amiga, sou vizinha, sou enfermeira e médica sempre que necessário, anjo da guarda e polícia, pago contas, estico dinheiro e invento tempo para ser um bocadinho eu. Tudo isto em pose de senhora, num corpo feminino que os aconchega no colo, que se molda às cabeças no ombro quando querem chorar. Um corpo e uma mente com a flexibilidade necessária para cada nova situação com que me deparo e a voz doce e meiga que os protege, com a necessidade pontual da autoridade que os alerta e coloca em sentido.

Super Guerreiras sempre com a espada numa mão e o coração como escudo na outra. Para elas não há dias de folga, não existe um "toma agora tu conta deles para eu descansar" ou mesmo acompanhar as amigas num final de dia. Tudo já para não falar de nos privarmos de muitas coisas em função deles.

Este caso é para as outras mães.

Somos a presença feminina assídua, perante uma ausência constante da figura masculina. Paterna dizem vocês. Discordo. A paterna é na maioria das vezes assumida por alguém, que nessa mesma maioria se intitula Mãe.

Aos filhos preenchem silêncios, para que estes não falem tão alto, ocupam-lhe os tempos livres para que eles não tenham tempo para sentir falta, mas também lhes ensinam que para quem realmente importa não existe ausência nem falta de tempo, que lembrar não é estar presente, que pai não é só um nome comum, nem um estatuto adquirido, mas sim um adjetivo caracterizador e complexo. Que os direitos são para quem assume os deveres e que uma pensão de alimentos não serve para uma mãe se governar, mas sim para ajudar a suprir as necessidades de um filho. Ensinam-lhes que o dinheiro compra bens materiais, brinquedos e objetos supérfluos, mas não compra amor, carinho, amizade e atenção. Ensinam-lhes que sempre que o telefone não toca, nem a campainha da porta se faz ouvir, existe uma outra porta na vida que apesar de tudo não se deve fechar. Mas que só a atravessa quem realmente quer, sem necessidade de ser convidado a fazê-lo.

MÃE

Acima de tudo e de qualquer outra coisa, ensina e demonstra todos os dias úteis, feriados e fins de semana, a tempo e horas ou fora delas, que o nosso coração é infinito.




DIZEM QUE HOJE É DIA DOS NAMORADOS!!!!!

Dizem que hoje é dia dos namorados, Já passei essa fase, já fui jantar fora neste dia, mas já me deixei disso, isto porque a relação que tenho neste momento, é aquilo que chama, uma amizade cor derosa, embora esteja a ficar um bocadinho cinzenta, é uma relação de duas pessoasque se conhecem à 22 anos, mas nesses anos todos muita coisa aconteceu, uma traição, uma filha biológica, uma folha adoptiva, bolas, tanta coisa aconteceu e tanta coisa mudou, eu mudei, não sou a mesma.

O meu dia dos namorados foi passado com esta miúda, que dia dos namorados qual quê? Ela nem se apercebeu disso e eu também não, há certas datas que me passam ao lado, e sempre passaram e esta é um delas.

Quando ela começar a namorar talvez começe a dar importância a este dia, mas se seguir os passos da mãe, talvez não, mas tal como diz o ditado " olha para o que eu digo não olhes para o que eu faço" e eu não digo nada, nem me manifesto, aliás, ela já se habituou a esta relação que tenho neste momento, contudo começa a saber que já vivemos juntos, ela nunca perguntou e eu também nunca contei, assim como ela tem coisas que não me conta eu também as tenho.

Mas o mais importante é que independentemente da relação que eu possa ter, ela tem que ser respeitada, e amada não com a minha intensidade mas um q.b suficiente para a estabilidade emocional que ela e todas as crianças merecem.

Porque postei a foto da minha filha?

Porque foi com ela que passei e estou a passar este dia.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D