Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mãedocoraçãosoueu

mãedocoraçãosoueu

TU ENGANAS A TUA FILHA MAS NÃO ENGANAS A TUA MÃE!!!!!!!!!!!!

A minha filha precisava urgentemente de cortar o cabelo.

As miúdas agora têm a mania dos cabelos compridos.

Nem sabem o prático que é ter o cabelo curto

Com uma agravante.

A minha filha quando lava o cabelo deita-se com ele molhado, não seca, tem preguiça.

O cabelo estava para lá de feio.

Tantas vezes lhe disse para irmos à cabeleireira.

Tantas vezes recusou.

Não a posso levar de rastos, já não tem idade para isso, mas vontade não me faltava.

Esta semana como ia desfilar na escola pediu para cortar o cabelo mas tinha uma condição:

-Mãe só corto dois dedos

-Ok tu é que te vais entender com a cabeleireira

-Mas olha que são só dois dedos

-Ok

Fomos a uma cabeleireira nova, experimentar, não queria, a Diana é aversa a mudanças, faz-lhe confusão, mas lá concordou.

Foi ela quem falou com a cabeleireira e pediu para cortar dois dedos.

Mas o cabelo estava de tal maneira que a cabeleireira olhou para mim através do espelho e mostrou o quanto ia cortar, eu disfarçadamente abanei com a cabeça em sinal se aprovação.

A miúda não viu.

E lá viemos para casa.

Ela toda contente pois adora ver-se com o cabelo esticado.

Eu toda contente, o cabelo estava bonito.

Entretanto em casa põem a mão atrás das costa para ver se conseguia chegar ao cabelo, e qual não é o seu espanto, não conseguia

Foi ter com a avó.

Fez-lhe queixa.

Vem a avó ter comigo a fingir indignação.

-Oh Paula então deixaste a cabeleireira cortar quatro dedos ao cabelo da menina?

-Eu?

-Sim tu, a menina diz que está muito curto.

-Não, desculpa a Diana é que falou com a cabeleireira, eu nem me manisfestei.

Vem a Diana em minha defesa.

-Não vó, a minha mãe não disse nada, o problema é que menina era gordinha e dois dedos dela são quatro

-Oh filha do meu coração explica lá isso.

-Sim, a Eduarda é magrinha os dedos dela são como os meus logo dois dedos eram dois dedos, e a outra menina como é gordinha dois dedos dela são quatro

E como fiquei eu?

Sem palavras, sem argumentos.

Pois contra os factos da Diana não há argumentos.

A minha mãe, que é minha mãe e conhece-me como ninguém, mau seria o contrário, após a miúda ir para o duche diz:

-Foste tu não foste?

-Claro, o cabelo estava horrível tinha que dar um bom corte.

-Eu sabia, eu tinha a certeza.

OH INCLEMÊNCIA!!! OH MARTÍRIO!!!

Isto da adolescência não é fácil, pensei que fosse mas não é, SANTA IGNORÂNCIA

Há uns anos atrás era eu quem escolhia as roupas da minha filha, agora com 15 anos, como é óbvio ela é quem escolhe.

Mas faz-me bastante confusão, isto porque usa sempre a mesma roupa, as calças vão para lavar, são passadas a ferro e toca a usá-las outra vez, as camisolas, o mesmo, lava e toca a usar, até que chega o dia em que se rasgam.

No Verão vêm os tops " OH! INCLEMÊNCIA OH! MARTÍRIO"

Andar com a barriguita à mostra,quando digo a barriguita, digo o umbigo, pois mais que isso não aceito e ponto final,não me agrada muito, mas ela não é a única, mas é minha filha e eu não gosto, contudo tenho que aceitar, não vou fazer disto um cavalo de batalha .

 ABENÇOADO O INVERNO E ACABAM-SE OS TOPS.

 As calças skinny, justinhas, outro drama, o raio da cachopa é jeitosinha ficam-lhe bem, mas eu não gosto, toca a engolir um sapo.

Há-de chegar o dia em que irá vestir calças e túnicas largas.

CONTINUA A SONHAR MÃE!!!

Calçado a mesma coisa, sempre as mesmas sapatilhas, nem dá tempo para a pôr a arejar.

Tal como já disse uma vez quando vou à escola por algum motivo, é preciso um radar para a encontrar, pois as miúdas vestem todas as mesmas roupas, calçam todas as mesmas sapatilhas e todas, mas mesmo todas, têm o mesmo corte de cabelo, comprido e liso, rara é a miúda que o tem curto e é tão prático, elas nem fazem ideia do quão prático é.

A minha está sempre a ver-se ao espelho para ver o crescimento do seu, se ela mandasse iria até à cintura.

Não isso não, tem que ser espontado pelo menos de 3 em 3 meses.

Que saudades tenho quando a vestia toda "pipi". 

Mas há uma coisa que me agrada na minha filha, quando veste uma camisola ou um top que seja transparente, veste sempre uma camisola de alças por baixo, diz que se vê o soutiã.

Os calções bem esses tiram-me do sério, mas ela sabe que tem que usar uma camisa à cintura, isto porque ela vem a pé da escola e todo o cuidado é pouco, se não queremos ser assediadas não provoquemos, e no fundo no fundo ela tem medo.

Andava ela no 6º ano e numa reunião com a diretora de turma, esta alertou os pais para terem atenção com as roupas das filhas, pois os rapazes na sala estavam mais centrados nas nádegas das miúdas do que na aula, engraçado, aliás não teve graça nenhuma, os pais de uma dessas miúdas estavam na reunião, o que eles não sabiam era que a filha deles saía de casa com uma roupa e quando chegava à escola trocava.

Isto foi-me contado pela minha filha, não estou a especular.

Sei que é difícil controlar estas situações, uma vez que os pais saem cedo para trabalhar e os miudos ainda ficam em casa, ou neste caso em particular, qual é a mãe que se lembra de ver a mochila da filha antes desta ir para a escola?

Estamos a falar de uma miúda com 11 anos.

OH FILHA NÃO CRESÇAS POR FAVOR!!!!!!!!

Mais sobre mim

foto do autor

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D