Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mãedocoraçãosoueu

mãedocoraçãosoueu

UMA HISTÓRIA VERDADEIRA!!!!!!!!!!

 
Ele não te bate, mas destrói a tua autoestima a ponto de tu não te achares suficiente.
Faz -te acreditar que não irás conseguir ninguém melhor convence-te que estás sempre errada.

Ele não te bate, mas humilha-te, esgota-te emocional e psicologicamente faz-te sentir culpada por tudo.

Ele não te bate, mas faz-te sofrer e mesmo com alguns momentos bons, vira e mexe, reaparece um tom de voz mais alto, uma palavra que fere, uma desconfiança e depois um carinho e como prenda, um pedido de desculpas.

A promessa da mudança faz-te dar uma nova oportunidade e sabes? Nunca muda.

Relacionamento abusivo não é amor.

Tenho visto tantas pessoas que confundem amor com apego.

Vejo pessoa que confundem controle e posse, acham que são sinónimos de amor.

Não, amor não é isso.

Amor não é ciúme exagerado, não é mandar no que tu vestes, não é humilhar e fazer-te acreditar que não vives sem esse alguém.

Tenho visto muitos relacionamentos abusivos serem confundidos com zelo.
Não entendo e talvez nunca consiga entender, mas compreendo o quanto é difícil ver que isso não é amor, o quanto é difícil chutar o balde e dizer adeus.

Mas, que fique bem claro: quem ama não humilha e nem faz com que tu sejas o problema de tudo. 

Quem gosta de ti não te aprisiona e nem te faz pensar que não existe vida para além daquele relacionamento.

Não sei, mas talvez ele a convença de que ela não é nada sem ele, diz que sente ciúmes e justifica todas as imposições e atitudes grosseiras ao afirmar amar demais.
O “não vais com essa roupa”, ou até mesmo as incontáveis chamadas para saber onde tu estás, têm como  teoria: é muito amor.

Manipulação não é amor, controle não é amor, ordens não são sinónimo de cuidado, o nome disso tudo não é um relacionamento feliz, mas um RELACIONAMENTO ABUSIVO. Não vale a pena estares com quem te faz acreditar que mereces gritos, palavras duras, ordens,insultos, brincadeiras sem graça nenhuma à frente de todos.

Não, não vale a pena dividir a vida com quem te faz acreditar que mereces pouco.

E isto é a história que vos irei contar, não hoje amanhã talvez.

Minha amiga de longa data, minha amiga há 40 anos, vou falar de ti mas sem nunca mencionar o teu nome.

Perdoa-me mas tu mereces que conte a tua história.

No estado em que te encontras.

Não te zangues comigo.

Omitirei o teu nome, como é óbvio.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D